Qual a Diferença entre Stakeholder e Shareholder? | “Shareholder (Acionistas)” e ” Stakeholder (partes interessadas)” são dois termos dentro da administração do projeto que soam similares, mas têm significados muito diferentes. Muitas pessoas até pensam que são intercambiáveis – não são.

Neste guia do Virtual Ad, vamos descobrir essas diferenças e depois discutiremos o que pode ser feito para combater a influência negativa dos stakeholders em seus projetos.

O que é um Stakeholder?

Qual a Diferença entre Stakeholder e um Shareholder
Qual a Diferença entre Stakeholder e Shareholder

Uma parte interessada é qualquer indivíduo ou entidade com interesse em quão bem uma empresa – ou projeto – está fazendo, pois seu desempenho tem um efeito direto ou indireto sobre eles. As partes interessadas de uma empresa incluem:

  • Empregados que perdem seus empregos se a empresa entrar em falência
  • Clientes que não podem mais dispor de produtos ou serviços se a empresa deixar de operar
  • Fornecedores que perdem um fluxo de receita consistente
  • Credores que perdem dinheiro se a empresa não cumprir com suas obrigações financeiras
  • Acionistas que perdem o dinheiro que investiram se a empresa for fechada
  • As partes interessadas também incluem a comunidade e a sociedade em geral. Portanto, se você está no negócio de manufatura, por exemplo, você tem que considerar as necessidades das comunidades vizinhas – especificamente, como suas operações afetam seu sustento e qualidade de vida.

Os stakeholders podem ser internos ou externos:

  • Stakeholders internos: Qualquer indivíduo ou entidade que tenha uma relação direta com a empresa. Exemplos são proprietários, funcionários, investidores, gerentes, o conselho de administração, etc.
  • Stakeholders externos: Uma pessoa ou organização não diretamente relacionada com a empresa, mas que, no entanto, é afetada por suas decisões e ações. Exemplos são clientes, usuários finais, credores, fornecedores, a comunidade local, a sociedade em geral e os órgãos reguladores do governo.

Na gestão de projetos, as pessoas ou entidades que podem ser consideradas partes interessadas incluem:

  • Comitê Executivo
  • Patrocinador do projeto
  • Líderes de projeto (por exemplo, gerente de projeto ou scrum master)
  • Membros da equipe
  • Gerentes funcionais
  • Consultores de projeto
  • Empreiteiros
  • Clientes

O que é um Shareholder (acionista)?

Um acionista é um indivíduo ou organização que possui ações de uma empresa de capital aberto ou privado e, portanto, tem interesse em sua rentabilidade. Dependendo dos tipos de ações que possuem, podem receber dividendos, votar na política corporativa ou emendas, ou eleger um conselho de administração.

Embora as decisões dos acionistas possam influenciar a direção que uma empresa toma, como no caso de fusões e aquisições, os acionistas não são responsáveis pelas dívidas da empresa.

Os acionistas também são conhecidos como acionistas, e são tipicamente categorizados como:

  • Acionista preferencial: Os detentores de ações preferenciais geralmente não têm direito a voto, portanto não têm voz no futuro da empresa. Mas eles recebem um pagamento de dividendos anuais garantidos (exceto sob certas circunstâncias).
  • Acionista ordinário: Os dividendos das ações ordinárias são variáveis, não garantidos, e determinados pelo conselho de administração. Se os ativos de uma empresa tiverem que ser liquidados, os acionistas ordinários são os últimos a serem pagos, após os credores e os acionistas preferenciais terem recebido sua parte. Mas, ao contrário dos acionistas preferenciais, eles têm direito a voto, o que lhes confere algum nível de controle sobre as decisões administrativas e a política corporativa. Mais pessoas investem em ações ordinárias do que em ações preferenciais.

Qual a Diferença entre Stakeholder e Shareholder?

Para sublinhar ainda mais as diferenças entre os dois, vamos compará-las e compará-las mais de perto.

1. Propriedade da empresa

Os acionistas possuem parte do negócio, determinada pelo número de ações que possuem. Um acionista majoritário é uma pessoa física ou jurídica que possui pelo menos 50% das ações em circulação da empresa. Muitas vezes, estes são os fundadores da empresa ou os descendentes dos fundadores.

As partes interessadas não têm necessariamente ações da empresa, mas têm uma participação – uma participação – na mesma. As partes interessadas às vezes também têm ações da empresa, como no caso dos acionistas funcionários.

2. Prioridades

Os acionistas se concentram principalmente no retorno financeiro de seus investimentos, seja na forma de dividendos ou valorização das ações. As partes interessadas se concentram no desempenho geral da empresa, como ela trata os clientes, parceiros e funcionários, e como ela impacta a comunidade, entre outras coisas.

3. Necessidade a longo prazo versus necessidade a curto prazo

Os acionistas são livres para fazer o que quiserem com suas ações – eles podem vendê-las e comprar ações de outra empresa, mesmo que seja uma empresa concorrente. Em outras palavras, eles podem ser investidos financeiramente na empresa, mas seu sucesso geral nem sempre é uma prioridade.

As partes interessadas estão geralmente no jogo a longo prazo e têm o maior desejo de que uma empresa tenha sucesso, não apenas em termos de desempenho das ações.

4. Categorização

O grupo de partes interessadas é uma categoria significativamente mais ampla do que os acionistas. Os acionistas são sempre partes interessadas, mas as partes interessadas não são necessariamente acionistas.

Outra distinção importante – somente as empresas que emitem ações têm acionistas, enquanto todas as organizações, grandes ou pequenas, não importando o setor em que operam, têm partes interessadas.